sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

Olha olha ...

“O que fizeste hoje, pequeno?” meto-me com ele, … na sua vida …
“Olha olha, … “ balbucia ele, … “casa do ´vô, …, qelho, … ´á meio, … lalanja canininha, …” indiferentemente cansado, dedilhando uns Lego´s teimosos.
“Fizeste isso tudo?” questionando a sua veracidade.
“Xim! …” confirmando com a cabeça e o olhar de ar maroto e risonho, e aditando … “a tio, …a popó, … ´cola mana…”
Estava perplexo, com tantas actividades … os afazeres do rapaz, sem dúvida nenhuma mais de meio-dia de laboeira
(cantarola uma música, distraidamente …)
“… e hoje?”
“pffffff! Olha olha, … a cão, … biqueta, … café popó ´vô, …” relata desinteressadamente, remexendo vezes sem conta nem contar, nos Lego´s.
“Pai! Olha olha!” puxa-me o dedo e a atenção, … algo que á primeira vista não consigo vislumbrar, … uma construção qualquer, … algo abstractamente montado, … esfrega os olhos e as narinas, … o cansaço anda por aí … um leitinho quente, uma botija de água quente, um abraço quente, e o sorriso, … quente.

1 comentário:

mixtu disse...

tantas cousas que eles fazem
faz parte do seu crescimento...
ainda bem que entendes a linguagem dele...
muitas vezes falam com o olhar...l o sorriso...

abrazo en paris...
vem daí: "desejo-te toda a sorte do mundo... mereces..." ?

abrazo serrano en breve en paris...