quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

... face, e sorri.

... beijo-lhes as faces, todas as manhãs e noites, ... "beija-me outra vez, com miminho" … e sorri, antes de nos largarmos da cama... "canta-me um embalo, pai" … canto mexendo-lhe no cabelo, e beijo a face, ... sorri adormecendo... o pequeno não é dado a essas coisas do amor, … gosta mais de dar chochos, e xi-coração de obrigação, … bem tento suborná-lo com histórias de embalo para o sono, mas ele é mais do sim ou sopas, não há negociações, … tentativas de beijar a face? Mais de mil … a brincadeira é o seu mundo, até o sono o fazer cair … mas o seu descanso é o meu consolo, … o beijo na face, que lhe dou, apanhando-o desprevenido no sonho … sorri.

Sem comentários: