quinta-feira, 17 de março de 2011

Simplesmente parabéns, ...

A princesa faz anos! Poucos, mas bons...
Apesar do ano que passou ter sido um verdadeiro teste da sua adaptação, á vida, ás prioridades, ás separações, ás novas amizades, ás novas etapas, aos novos obstáculos ... cresceu!
Uma pequena mulher, que chora, que grita, que não entende, que brinca, que agradece, que pede, que pergunta, que cede contra vontade, que sorri, que ouve, que responde, que ajuda, que percebe, ... que sabe ser uma menina de seus pais. Temos orgulho nela, ... também o grandão, a abraça de meiguice e a adora, apesar dos despiques territoriais...
Gosto dela, ...
À noite, ao deitar, depois das mantas entaladas, dois dedos de conversa cochichados, ... um sorriso, um contar duma tristeza, uma risada, uma preocupação, ... mão pelo cabelo, e uma música de embalar ...
tudo se desvanece num sono, ... o sorriso!

3 comentários:

Nilson Barcelli disse...

Resunmindo, boa menina...
Belíssimo texto, gostei.
Abraço, caro amigo.

Fátima disse...

Que lindo...
Tenho saudades de ninar minhas meninas...Cresceram!
Mas continuam minhas meninas.
Tão lindas, tão doces...
Foi o melhor que a vida me trouxe:
Minhas filhas!

Com carinho
Rosa de Fátima

Nilson Barcelli disse...

Passei de novo e reli. E continuei a gostar.
Fico à espera do próximo post.
Boa semana, abraço.