sábado, 10 de abril de 2010

Estrela do Pastor

"Pai! ... que estrela é aquela?" apontava para o infinito, na direcção de um pontinho de luz, que permanecia suspenso, junto á cortina do horizonte, que se dividia em dois tons: azul cideral, e laranja vivo...
"É a Estrela do Pastor!" comentei, fugindo com o olhar para a atenção do pequeno que já me fugia entre os dedos...
"Do Pastor?" mais intrigada ficou ...
"O teu bisavô Oliveira, contou-me uma vez, que aquela Estrela, era o sinal que Deus dava aos pastores para levarem o rebanho dos pastos, para recolherem ao curral; pois as feras começavam agora a sair da suas tocas para lhes fazer mal." comentei... "... também é conhecida po Estrela de Alva... mas porquê não sei!" consentiu a explicação.
"Filhota! Aquele pontinho, já que estás neste momento apta a saber do que se trata, é um dos planetas do nosso sistema solar: Vénus!" franziu o olho, e sustentou um ar de baralhada.
"Pai! Como é possível ser um planeta, se eles são tão grandes? não vês a Lua ... deve mesmo ser é uma Estrela! ... Lembras-te quando morreu o ´vô Oliveira? ... Foi a primeira Estrela que me apareceu! Por isso, aquela Estrela deve ser o bisavô!..." manteve o olhar cristalino fixo no pontinho, e na cortina que ia sucumbindo á força da rotação da Terra... o pequeno revirava os seixos dos canteiros do jardim, para o passeio.
O momento pairou, ... agora apareciam mais pontinhos no manto que se tornava integralmente de um azul cideral limpido, ... ousei comentar científicamente os ditos pontinhos, mas cala-te e aprecia.

2 comentários:

mixtu disse...

a minha estrela, eu sabia que tinha uma estrela

e quando lhe contarem que pode estar a ver uma estrela que já não existe há milhoes de anos, aí é que queda baralhada...

yayaya

abrazo serrano, hoje é mesmo, a ver a Estrela

mixtu disse...

a minha estrela, eu sabia que tinha uma estrela

e quando lhe contarem que pode estar a ver uma estrela que já não existe há milhoes de anos, aí é que queda baralhada...

yayaya

abrazo serrano, hoje é mesmo, a ver a Estrela