quarta-feira, 17 de março de 2010

Uma década

“Pai! ... Já tenho uma década, não tenho?” brilhou-me com o seu olhar… “Tens!” acenei-lhe a cabeça… sorriu de satisfeita… a confirmação, deixou-a tranquila, ...

“… e um século?” indagou … olhei-a e confirmei, “… já não falta tudo!” ... suspeitou, ... riu-se, ... mas ficou tranquila na mesma.
Continua a emanar a alegria jovial, que tem nos seus acastanhados olhos marrons,… e o corriqueiro do dia-a-dia, que continua a ser simples, …
Agradeço a tua década, e o primeiro dia da mesma, … parabéns filhota ... uma beijoca sentida de amor.

Sem comentários: