segunda-feira, 26 de fevereiro de 2018

Liberta a mente, ... agarra o teu espírito!


... liberto-me da árvore do passado...
... anda muita coisa atravancada!
... coisas, mesquinhices, empilhadas em desordem, que me ocupam, sem valor!
... protejo o que é mais rico de uma vida: amigos, sorrir, amor, felicidade.
... abro a caixa, tapada nem sei porquê!
... aceito o rodeio, o travo, levanto a âncora ...
... o vento flui, empurra, orienta-me para um horizonte que é!
... o céu é o limite, a terra tem aroma de nova decisão.
... a pessoa é o que sempre foi, liberta a mente, limpa o sótão.
... agarro o que já é meu.

Sem comentários: