terça-feira, 13 de setembro de 2016

Parabéns moça...

 
A menina de vestido côr, retro mel e círculos azulados turquesa, no corte justo tapa meios joelhos, balouça neste dia, sob uma cerejeira viçosa, ramada verde, ramos secos castanhos, cordas de rafia, tábua de castanheiro, olhos côr de mel esverdeados, que raiam ao Sol... faz anos.
Vira os anos que tem, do avesso, e não lhos dá, ... ao ritmo do deambular da vida, vive,  a amizade, o amor, a sedução, o "je ne c´est pas quoi", os garotos, ... para nós.
Ergue a sua fresca juventude, ama sem senão, chama a razão ao coração quando tem que ser.
Pede um mimo bem recheado, um beijo bem puxado, num olhar maroto.
Parabéns moça, continua assim...

Sem comentários: