segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Continuemos

Ahhhhhhh! Fui um autêntico ... baldas, assumo.
Deixei determinantemente esta ocupação ... da escrita ... fui de férias. Agarrei essa nobre e bela arte de preguiçar e "lagartar", estendi pela seara a manta, á chapa da sombra do chaparro e ...., e o bem que fez ... não soube a nozes, mas soube a ócio. Ainda cumpri, com algum custo e esforço, a parte da sesta ... fatigante.
Continuemos ...

1 comentário:

Barbara disse...

Não fazer nada é uma arte